banner11 banner22 banner33 banner44
Ghelman Dentistas

odontopediatria


P: Meu filho está com cinco anos e aos poucos vai aprendendo a escovar os dentes sozinho. Só que ando observando que além dele colocar muita pasta na escova ele também está engolindo o creme dental. Há algum problema com isto? - Célia ( Vassouras )

R: A maioria dos cremes dentais encontrados no mercado, tanto os infantis, como os de uso adulto, apresenta flúor em sua composição. O flúor é um forte aliado no combate às cáries, agindo na remineralização do tecido dentário. Até cerca de seis anos as crianças estão terminando a fase de calcificação dos dentes permanentes que estarão por vir. Neste período, ou seja, até os seis anos de idade, devemos orientar as crianças para colocarem uma quantidade mínima de creme dental na escova e não engolir o mesmo, mesmo que esse tenha gosto e cheiro agradável. Esta medida evita que a criança se intoxique com flúor e que não haja pigmentações nos dentes que nascerão. Tais pigmentações que podem ocorrer são chamadas de fluorose. A fluorose, que é caracterizada por uma ingestão de certa quantidade de flúor na fase de formação dos elementos dentários, pode ocorrer nas duas dentições, tanta na dentição decídua (de leite), quanto na dentição permanente, de acordo com a época que houve a ingestão. As pigmentações por fluorose, em geral, variam de amarronzadas para esbranquiçadas. Portanto, em certas épocas e em doses excessivas o flúor, ao invés de trazer benefícios, pode acarretar problemas, principalmente estéticos.


P: Meu filho tem cáries em muitos dentes de leite. Ele está com 6 anos de idade e já está com alguns dentes moles. Será que os dentes permanentes também vão ficar cariados? - Célia ( Niterói )

R: A cárie dental é uma doença infectocontagiosa que atinge uma grande parte da população. Apesar dos índices de cáries estarem em declínio, ela é ainda o principal problema bucal da população.

A dentição decídua ou de leite como é popularmente chamada, começa ao redor de seis meses de idade da criança, quando os primeiros dentes começam a erupcionar. Os cuidados com a higiene bucal das crianças devem ser redobrados, apesar da recomendação de que antes desse período, mesmo com a ausência de dentes, a higiene oral deva ser realizada.

As cáries em dentes de leite devem ser tratadas e a criança motivada a manter uma saúde bucal satisfatória. Se a flora bacteriana bucal estiver cariogênica no momento da erupção dos dentes permanentes e a criança não mudar seus hábitos alimentares e de higiene oral que levaram ao aparecimento de cáries nos dentes de leite, os dentes permanentes provavelmente serão cariados também. Para se contornar essa situação o profissional deverá fazer um condicionamento do meio bucal, eliminando as lesões cariosas com materiais que contenham flúor e equilibrando a microbiota oral; além disso, a criança deverá fazer sua parte em casa, realizando uma higiene oral satisfatória, e se necessário com ajuda do responsável. A aplicação de selantes nos molares permanentes de crianças com alta atividade de cárie nos dentes de leite também é indicada como uma medida preventiva, assim como a fluoretação.



ENDEREÇO


Edifício Ipanema 2000
Rua Visconde de Pirajá, 547 / 621
Ipanema - Rio de Janeiro
E-mail: michel@ghelmandentistas.com.br
Telefones: (21) 2294-3355 / (21) 2512-2216 / (21) 2512-1109

CRÉDITOS


Copyright© 2014 Ghelman Dentistas
Todos os direitos reservados

Criação: Owns Digital